sexta-feira, 9 de julho de 2010

Dez coisas que eu nunca entendi direito

1) Por que é tão inaceitável transar de meia? Têm coisas muito piores que podem acontecer antes/durante/depois do sexo que são tidas como "normais". Supondo, é claro, que a pessoa não esteja com chulé.

2) Por que é tão desconfortável andar de elevador com outra pessoa aleatória? Ok, na verdade eu entendo essa, porque se são três, tudo bem, você pode sempre pensar que os outros dois estão prestando atenção um no outro e você está livre. Agora, se for uma pessoa só, você SABE que ela estará prestando atenção em você nos próximos 35 segundos e não há nada que se possa fazer. Deveria ser obrigatório uma plaquinha nos elevadores com uma lista de temas para conversar com o outro tripulante. "Bom dia, qual o seu andar? Quinto, ok. Mas me diga, o que a senhora pensa a respeito do aborto em casos de estupro?"

3) Por que os documentos sempre entram apertados nos plásticos da carteira? Talvez seja pra rasgar rápido e você ter que trocar?

4) Por que não existe queijo coalho à milanesa em cada esquina?

5) Por que as pessoas têm tanto medo de separar o preconceito da estatística?

6) Se eu sou só uma pessoa e só posso ter um CPF, uma carteira de reservista, uma carteira de motorista, um RG e uma carteira de trabalho, por que há tantos números na minha vida?

7) Por que não existe refrigerante de manga? (ok, deve existir, mas por que eu não acho no Dia % do lado da minha casa?)

8) Por que não existe metrô 24h em São Paulo? (ok, essa foi um desabafo)

9) O paradoxo dos gêmeos. Porque dentro deste paradoxo existe outro: a idéia que resolve o paradoxo vai contra a do universo não ter um referencial absoluto, que é a base de toda a teoria relativística, que é daonde sai o primeiro paradoxo. (porra. eu sou formado nisso, uma tinha que ser de física)

10) Por que as pessoas (eu, por exemplo) acham tão legal postar dez coisas nada a ver só para que as outras leiam e comentem e critiquem e dêem risada e záz? É sério, eu só tinha dois itens pra postar, o da meia e o do queijo coalho, o resto eu inventei agora pra dar dez, inclusive este... enfim...

3 comentários:

Paula de Assis Fernandes disse...

Olha, o do queijo coalho eu realmente não sei (eu nem gosto de queijo coalho!!!), mas é meio... broxante você olhar pra uma pessoa todinha como veio ao mundo e, nos pés dela, a meia... sei lá, parece que não tem entrega total (tá, eu pirei, mas eu não gosto... rsrs)
Quanto à do elevador, adorei a ideia dos temas. Mas já que era só 'embromeixon' eu nem vou comentar mais... rsrs...

Pedro Figueira disse...

Hou, achei meio tosco mas gostei desse seu blog. É bem engraçado. Morri de rir com a das dez coisas.

Polinha Köstlich disse...

eu só li as primeiras palavras de 10 perguntas e tenho resposta pra tudo!
quer que eu prove?