quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Magia x Explicação Científica Tosca (ECT)

Bem ou mal, Deus ou ciência, submissão ou liberdade, criacionismo ou evolução, orgulho ou humildade, verdade ou mentira, ser ou não ser, Wafer Bauduco avelã ou brigadeiro, magia ou explicação científia tosca? Essas, entre outras, são as grandes questões fundamentais da filosofia que assombram o ser humano hoje em dia, no entanto não tenho pretenção de tratar todas elas, pelo menos não neste post.
Encaramos no cinema duas maneiras para ficarmos confortáveis quanto ao enredo e a lógica em um filme, estas são a Magia e a Explicação Científica Tosca, ou ECT. Com seus prós e contras, nos encantamos e às vezes até choramos diante da tela grande, no entanto sabemos que no fundo temos que escolher uma para nossas vidas.
Vemos magos simplesmente expelirem fogo das mãos e ficamos maravilhados, ou então vemos aranhas radioativas transformando o DNA de humanos, dando superpoderes fantásticos. Quê? Não faz o menor sentido! Uma aranha radiotiva simplesmente vai morrer! As chances de uma mutação genética ser favorável é praticamente negativa e impossível sua picada causar uma mutação no gene humano, teria que desligar metade do cérebro para poder concordar com isso, mas ah, é tão legal ver algo que quase faz sentido, não? Pode ser, a menos que de repente começassem a explicar que o Gandalf de Senhor dos Anéis consegue fazer fogo com as mãos é porque ele canaliza as células de fogo que estão correndo em seu sangue por causa que um dia comeu um ovo de dragão. Então magia é o esquema? Pode ser, mas imagina se em De Volta para o Futuro, Marty McFly simplesmente estala os dedos e viaja no tempo? Terrível, preciso quase acreditar que é necessário um carro mega veloz para abrir um portal no espaço-tempo.
Tento ser o mais imparcial possível, não para deixar o leitor com sua própria opinião, mas por não ter feito minha escolha ainda. Vejamos alguns filmes que se encaixam nestas definições:

Magia
Senhor dos Anéis, Guerra nas Estrelas, Drácula, Harry Potter, etc.

Explicação Científica Tosca (ECT)
Homem-Aranha, De Volta para o Futuro, Jurassic Park, Gozilla, Robocop, etc.

Faça sua escolha e xingue a outra!

2 comentários:

Hermila disse...

ei, q blog é esse? cade o seu antigo, ãhm?
tipo assim, esse vai ser um blog do que?
enfim só pra nao fugir do tema do post...tbm sempre fiquei com pé atras com aquela maquina de apagar recordações do Brilho Eterno...mas como é um dos meus filmes preferidos, eu nao me importo muito com o fato da maquina ser um capacete tosco.
enfim, sei lá oq vc quer com esse post, acabei de chegar de viagem, vou dormir.

Ota disse...

oi hehehe
como disse a nathalia ai em cima sobre o brilho eterno..., eu qualifico aquele filme como sendo magia pelos motivos que te falei: a realidade é que existe uma maquina que faz isso...pronto! em momento nenhum do filme é dito que ela faz isso invadino os neuronios e atacando alguma parte com algum nome esquisito (dado provavelmente por um biólogo) e acabando com a memória da pessoa. Assim como o "De volta para o futuro"...Existe um carro que funciona com combustivel e com um capacitor de fluxo...até ai parece uma explicação científica...o problema é que capacitor de fluxo é algo tão magico quanto o anel do fogo que o gandalf porta...é algo que simplesmente não tem sentido científico..é algo "mágico"...
Ao contrario do famigerado pulso de táquions que deve ser execrado hehehe...aquilo me surpreendeu de um jeito que fiquei boquiaberto!
o que concordo é que muitas vezes a explicação cientifica tosca é o tchan do filme...mesmo que seja absurda...isso as vezes torna o filme melhor...ou menos pior sei la hehehehe.
é isso