sábado, 19 de junho de 2010

Pré-Minha vó me flagrou lendo Bukowski

Ontem minha vó me flagrou lendo Bukowski e perguntou o que era. Disse que era um livro de contos e o assunto deu-se por encerrado. Depois fiquei imaginando e cheguei à conclusão de que seria muito pior, caso ela conhecesse Bukowski, me flagrar lendo do que fazendo as coisas dos textos. Acordar bêbado na calçada, fazer sexo com loucas que vivem com animais, ir preso, se fuder apostando em cavalos são coisas que uma vó perdoaria, afinal de contas, faz parte da juventude, essa emoção, desejo de conhecer, a adrenalina. Agora a leitura é um ato sóbrio, racional! Só um psicopata poderia ler e gostar de Bukowski... seria muito pior...
Taí, meu próximo conto "Minha vó me flagrou lendo Bukowski"

4 comentários:

snoelle disse...

Me indica um livro do Bukowski? Não conheço, quero ler ahahha

Thiago Barbalho disse...

Bukowski também faz parte da juventude. Depois, passa.

Anônimo disse...

Sei lá... você lê Bukowski e escreve "foder" com U? Nem a foder direito essa leitura te ensinou?

Daniel Nérso disse...

Poisé... tem o "taí" e 3 pontinhos q não existem, falto : no último parágrafo tb...
eu sou uma falácia